“Todas as coisas trabalham juntas para o bem

“Todas as coisas trabalham juntas para o Bem.”

UCEM OrEd.Tx.4.69⁠

                >

Entenda na história 

Era uma vez um pobre fazendeiro que queria ser rico. Então ele teve uma ideia. Juntou tudo o que tinha e comprou um garanhão para começar uma criação.⁠


Um dia, o garanhão fugiu. O filho do fazendeiro disse: “Pai, o garanhão se foi. Agora não seremos mais ricos”. ⁠O fazendeiro respondeu: “Para o bem, para o mal, quem sabe filho?”⁠

Em alguns dias, o fazendeiro avistou o garanhão cercado por um bando de éguas selvagens e conseguiu trazer todos os animais para sua fazenda. ⁠

Agora, para os padrões daquela cidade, o fazendeiro era rico. Tinha uma criação de cavalos. O filho dele disse:”Pai, que sorte temos.”.⁠ O fazendeiro respondeu: “Para o bem, para o mal, quem sabe filho?”⁠.⁠

A criação cresceu e o filho do fazendeiro começou a treinar os cavalos. Um dia caiu de um potro e quebrou a perna. Muito triste disse:”Pai, teria sido melhor se esses cavalos nunca tivessem aparecido!” ⁠O fazendeiro respondeu: “Para o bem, para o mal, quem sabe filho?”⁠.

Na semana seguinte chegou a notícia que uma guerra tinha estourado e todos os jovens estavam sendo recrutados, para deixar suas casas e lutar. ⁠O filho do fazendeiro não pôde ser convocado por causa de sua perna quebrada. “Pai, que sorte!”.⁠

E a história continua indefinidamente e nos deixa com uma reflexão:⁠

Quantas vezes coisas desagradáveis acontecem conosco, para só depois percebermos que aquele acontecimento foi positivo, para o nosso crescimento, aprendizado ou para preparar o caminho para coisas positivas entrarem em cena?⁠

O universo inteiro está se ajustando para te ajudar.

Envie para quem precisa saber disso.

Ricardo Maluf

Ver todos os posts
>