Aqueles a quem não perdoas, tu temes

“Aqueles a quem não perdoas, tu temes.  
E ninguém alcança o amor com o medo a seu lado.”
UCEM T-19.IV.i

    Pense 

Não é raro acontecer algo que nos machuca emocionalmente de alguma forma. Isso é fácil perceber. Mas olha o que acontece depois automaticamente.

Primeiro encontramos o culpado, depois ficamos com raiva do culpado (mesmo que seja nós mesmos).

A raiva traz pensamentos de ataque. E pensamentos que atacam também estão conscientes da possibilidade de retaliação.

Assim começa um medo sútil que com o tempo pega em tudo. E quando alimentado aprisiona a pessoa na história em um rodamoinho emocional.

Sentindo medo assim não há como ver, viver ou sentir amor e a pessoa teme acabar sozinha, amedrontada e doente.

Isso não precisa ser assim. A prática do perdão é a chave. Ela acaba com o medo porque acaba com a culpa que o causava.

Veja que perdoar não é ignorar, diminuir ou maquiar os fatos. E também não é se forçar a esquecer o assunto.

Perdoar é uma prática que anda junto com a expansão da consciência, porque quanto mais você perdoa mais consciente fica e quanto mais consciente fica, mais perdoa.

Acesse minhas aulas grátis no link na bio e entenda melhor como você pode aprender a perdoar automaticamente.

>