O que é ansiedade e 3 técnicas práticas de controle

O Que E Ansiedade

A ansiedade é uma reação natural do corpo frente a uma possível ameaça futura, geralmente desconhecida.

A função da ansiedade é preparar o corpo para reagir, caso necessário.

Aparece naturalmente antes de eventos importantes, como antes de casar, antes de se apresentar em público ou antes de algo que queremos que dê certo.

Normalmente a ansiedade passa depois destes eventos e é considerada normal quando tem esse funcionamento passageiro.

Porém em algumas pessoas ela sai do controle. Nestes casos a ansiedade começa sem um gatilho pouco óbvio e persiste por mais tempo do que deveria.

Nestes casos, pode-se ter desenvolvido um transtorno de ansiedade. E é este tipo de ansiedade que geralmente motiva a pergunta: “O que é ansiedade?”.

Depois deste artigo você entenderá:

  • O que é a ansiedade e transtorno de ansiedade;
  • Quais os sintomas;
  • A causa da ansiedade;
  • Tem cura?;
  • Como tratar;
  • 3 técnicas de controle de ansiedade.
  • Outras opções para controlar.

O que é ansiedade

Ansiedade é uma reação natural do corpo frente a uma evento futuro. A preocupação sobre esse evento é a ansiedade. A preocupação é como um medo do desconhecido.

Por exemplo, quando um cachorro solto aparece na sua frente latindo, gera medo.

Por outro lado, quando você não está de frente para o cachorro, mas lembra que vai ter que passar na rua que ele mora, pode dar ansiedade.

A ansiedade é como se fosse uma reação de medo atenuada pelo fator desconhecido. Existe 0,1% de chance de o cachorro estar solto, mas a mera possibilidade da ansiedade.

Pode-se ligar a ansiedade aos pensamentos porque ela é uma reação do corpo a algo que você pensou.

Pensar na sua situação atual e dizer que você não está onde deveria, estimula a ansiedade.

Pensar no futuro e ficar com medo do que vai te acontecer, estimula a ansiedade.

A possibilidade de ficar sem dinheiro e as incertezas no futuro estimulam a ansiedade.

O Brasil é país mais ansioso do mundo.

Redes sociais estimulam a ansiedade.

Isso tudo é normal.

O problema é quando a ansiedade sai do controle.

Quando isso acontece aí a ansiedade normal, se tornou Transtorno de Ansiedade.

O problema é que a vida vai isolando as pessoas conforme elas ganham idade, tornando cada vez mais difícil suportar as incertezas.

E o descontrole da ansiedade vai chegando.

Clique aqui para comentar agora… ou continue lendo.

O que é transtorno de ansiedade

Transtorno de ansiedade é a ansiedade natural que saiu do controle, sendo então chamada de transtorno.

Sintomas da ansiedade

Para se diagnosticar um transtorno de ansiedade é preciso identificar mais de um sintoma aparecendo junto e por tempo prolongado. Os sintomas de ansiedade incluem:

  • Angústia;
  • Aperto no peito;
  • Dor no peito;
  • Pensamentos negativos recorrentes;
  • Tensão constante;
  • Obsessões por comida, drogas ou outras formas para aliviar a tensão;
  • Insônia;
  • Respiração curta e falta de ar;
  • Sensação de pescoço apertado;
  • Nervosismo frequente;
  • Preocupação constante;
  • Pessimismo;
  • Problemas no estomago e sistema digestivo;
  • Dentre outros.

Clique aqui para comentar agora… ou continue lendo.

Qual é a causa da ansiedade

O Que Ansiedade E

As causas podem ser muitas, dependendo de quem a pessoa é, onde ela mora e o histórico de vida dela.

Mas no geral incluem as preocupações modernas que habitam a maioria das pessoas.

“Será que vou fechar o mês?”, “Será que vou viver até quando?”, “Será que vou ficar doente?”, “Será que vai dar tempo de eu viver o que eu quero?”.

Pensamentos julgando o futuro incerto, gerando preocupações sobre eventos que nem sabemos se vão acontecer causam a ansiedade.

Muitas vezes esses pensamentos acontecem em segundo plano, sem que você perceba, tornando a causa da ansiedade desconhecida.

Mesmo assim a causa pode ser identificada e tratada.

Clique aqui para comentar agora… ou continue lendo.

Tem cura?

Como a ansiedade é uma reação natural do corpo, não existe o que curar.

Porém essa reação natural pode sair do controle, se tornando um transtorno.

Por isso fala-se em controle da ansiedade.

Na prática, o controle seria como uma cura, afinal, resolve o problema.

Como tratar

O tratamento da ansiedade costuma ser abordado por varias frentes, com diversas opções em cada uma delas. Veja abaixo:

  • autoconhecimento conquistado em psicoterapia ou cursos de autoconhecimento.
  • Práticas que treinem o foco, como a meditação, yoga ou qualquer arte marcial.
  • Mudanças comportamentais diversas, que incluem:
    • Descobrir os gatilhos e mudar sua rotina para não acioná-los mais;
    • Descobrir o que ajuda você particularmente, no acerto e erro, para implementar esse novo costume na sua vida;
    • Adaptar sua rotina, incluindo hábitos que ajudem a controlar a ansiedade.
  • Remédios que ajudam a controlar. Dentre eles:
    • Alopatia para ansiedade (receitadas por psiquiatras);
    • Homeopatia para ansiedade;
    • Fitoterapia para ansiedade;
    • Florais de Bach para ansiedade;

As possibilidades são muitas e você precisará pesquisar e testar a que funciona melhor para você.

Vou apresentar agora 3 técnicas simples que qualquer uma aplica e que apresenta ótimos resultados.

Siga lendo e aplique as três dicas abaixo agora mesmo.

Clique aqui para comentar agora… ou continue lendo.

3 técnicas para controlar a ansiedade;

Ansiedade O Que E

Existe uma infinidade de técnicas para controlar a ansiedade. Abaixo relaciono 3 simples e eficazes para você começar a usar agora mesmo.

Técnica do foco

Perceba que sempre que a ansiedade da as caras, houve algum pensamento negativo gatilho.

Ou seja, você precisa pensar algo para alimentar a ansiedade.

Muitos tentam parar o pensamento achando que resolverá, mas se você já tentou, viu que é bem mais complicado do que parece.

Mas existe uma saída.

Repare que o poder de um pensamento negativo está na atenção que você dá a ele.

Então a solução é tirar a sua atenção dos pensamentos, como se fosse ignorá-los.

Como?

Colocando o foco em outra coisa.

Repare que quando você está pensando, é como se estivesse prestando atenção em uma voz na sua cabeça.

A técnica é colocar a sua atenção em outras coisas, para tirá-las do pensamento.

Uma solução eficaz é colocar seu foco na sensação do ar passando por suas narinas.

Esse simples ato tira o foco dos pensamentos.

Mas atenção, no começo você precisará de um esforço extra para se manter prestando atenção na sensação do ar passando pelas narinas.

Persista! Sua capacidade de foco aumenta como se fosse um músculo. Se quiser saber mais sobre meditações para ansiedade, veja este artigo.

Esse é um dos motivos pelo qual a meditação que ensino no curso “Como meditar em casa” é um excelente aliado. Você aprende a direcionar o seu foco, tirando-o dos pensamentos que geram ansiedade e colocando-os no corpo.

Tecnica Da água

A técnica da água é tão simples e ao mesmo tempo tão eficaz que costuma deixar as pessoas surpresas.

A técnica consiste em simplesmente encher a barriga de água. Sim, beber até sentir que está confortavelmente cheia (não adianta dar só um gole, é preciso encher a barriga e parar antes de sentir um desconforto de estufamento).

Cheia, mas não estufada.

Como isso vai ajudar?

A barriga cheia de água vai te dar uma sensação de saciedade, fazendo a ansiedade diminuir no mesmo ato, por algum tempo.

Não é uma providencia definitiva porque não vai controlar sua ansiedade para sempre, mas é um alívio precioso, que vai te ajudar a colocar a cabeça no lugar.

Faça o teste e comente abaixo o que achou.

Clique aqui para comentar agora… ou continue lendo.

Técnica do reconhecimento

Imagine como se a ansiedade fosse um alarme.

Quando o alarme toca você pode fugir ou ficar e averiguar.

Se você fugir ele vai continuar tocando.

Se você ficar para averiguar, vai em algum momento desligar o alarme, afinal uma vez que ele tenha te avisado, você não precisa mais dele.

Agora traga isso para a ansiedade e pense comigo.

Quando a ansiedade aparece, o que fazemos?

Normalmente a gente sai fazendo as coisas, como se ao fazer, fugiríamos da sensação da ansiedade.

Só que isso só faz o alarme continuar tocando até ficar isuportável.

A dica contraintuitiva então é ir para cima da ansiedade, investigando no seu corpo onde ela se manifesta.

Como?

1- Reconheça que o alarme da ansiedade tocou;

2- Localize onde o alarme da ansiedade está se manifestando no seu corpo. Busque a sensação física.

3- Investigue a sensação física no corpo e vá se aproximando dela com a sua atenção, como se quisesse atravessá-la, da mesma forma que se atravessa uma cortina de fumaça.

4- IMPORTANTE: Enquanto investiga a sensação no corpo, você deve relaxar a musculatura envolvida na sensação. Ajuda repetir para si mesmo: “Vai ficar tudo bem”.

Se preferir também ajuda repetir: “Entrego meu destino nas mãos de Deus”. Afinal, lembre-se que a ansiedade é um receio sobre o futuro incerto.

Conforme você vai aumentando sua consciência sobre a ansiedade e relaxando a musculatura envolvida, vai sendo capaz de desativar o alarme.

O que fazer agora

A ansiedade pode e deve ser controlada.

A ansiedade é apenas como um alarme. Não significa que algo ruim vá acontecer.

Mas além de ser muito desagradável e atrapalhar sua vida, ainda pode se tornar algo pior se não for controlada.

Então decida-se agora a aprender mais sobre a sua ansiedade e encontre os meios para controlá-la.

A ansiedade também te trará ganhos, te fortalecendo, mas isso só dá para ver depois de algum tempo dominando-a. É como quando uma situação difícil nos fortalece.

Vá atrás das opções para controlar e adote as que funcionam melhor para você.

Mais opções para controlar

O controle pode ser através de exercícios, medicação, autoconhecimento, técnicas que melhorem seu foco, como a meditação, Yoga ou qualquer arte marcial, alimentação, dentre outras.

Veja este post para descobrir como controlar a ansiedade com 38 dicas práticas.

Você também pode visitar a categoria ansiedade neste blog, para encontrar todos os artigos no assunto.

E você? Tem mais alguma dúvida sobre ansiedade? Comente abaixo.

Comente ABAIXO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *